logomarca

Uma mulher conquistadora

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

A história de Débora é uma inspiração para todos aqueles que precisam por fim aos domínios de inimigos cruéis. Seu exemplo de determinação e coragem nos desafia à conquista.

No capítulo 4 do livro de Juízes, dos versículos 4 a 24 podemos encontrar a história de uma mulher que marcou sua geração pela coragem e determinação que demonstrou. O texto nos conta que os filhos de Israel estavam desagradando o coração de Deus, fazendo o que era mau perante o Senhor.

Com a desobediência de Israel eles foram entregues nas mãos dos seus inimigos (rei Jabim, que tinha em seu exército um comandante chamado Sísera e novecentos carros de ferro – Israel não tinha acesso ao ferro, sendo assim eles não tinham o mesmo poder bélico para enfrentar seus inimigos). Com essa situação de perigo eles clamaram ao Senhor, pois, por vinte anos estavam sendo oprimidos.

Algumas pessoas, ainda hoje, têm vivido entregues nas mãos dos seus inimigos. Têm experimentado as amargas conseqüências de uma vida afastada de Deus, sendo humilhadas e escravizadas. Deus quer mudar essa situação!
Quem são os inimigos que têm lhe desafiado? Um casamento destruído, filhos perdidos nas drogas, vida financeira derrotada, ausência de paz, amargura, falta de perdão, depressão. Você já identificou todos os inimigos que estão lhe afligindo?

Débora conseguiu a vitória em sua vida porque adotou algumas posturas em relação aos seus inimigos. Débora não se conformou com a situação de derrota. Ela enfrentou a luta. Débora era a única mulher juíza entre os juízes de Israel. Ela era profetisa e julgava Israel naquele tempo. Débora temia a Deus e o reconhecia como seu comandante. Temor a Deus fala de reverência, respeito e obediência. Débora era obediente. Quando ouvimos Deus falar conosco, devemos fazer o que Ele nos diz. Débora enfrentou seus inimigos na força do Senhor, os perseguiu, os alcançou e os destruiu. A vitória está não na nossa força, mas na força do nosso Deus. Débora era uma adoradora e tinha gratidão a Deus. O reconhecimento de que a vitória completa frente aos cananeus só fora possível pela força que vinha de Deus levou Débora a compor um lindo cântico de adoração ao Deus Eterno (Jz 5).

Deus está a procura de Déboras, que não temam os inimigos, que creiam no poder que vem de Deus e que seja um guerreiro, que persegue, enfrenta e vence os inimigos do seu povo, a fim de que o nome do Senhor seja exaltado. Seja um guerreiro vencedor, pois é Deus quem está no comando da nossa vida.

Feliz Dia da Mulher!

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Maranata Malharia Rio Verde Serve bem Verdurão Casa da Biblia Magazine Tecidos